Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - domingo, 3 de março de 2024

Avião que caiu em cima de sobrado em Goiânia era de irmãos - empresários em Taiobeiras - que morreram no acidente. Há 4 feridos. Queda foi no fim da tarde de ontem

Quinta 23/03/23 - 9h10

Dois irmãos empresários, Leonardo Rodrigues da Rocha e Bruno Rodrigues da Rocha, proprietários da aeronave, morreram em acidente aéreo em Goiânia.

O Corpo de Bombeiros chegou a socorrê-los, mas eles não resistiram aos ferimentos.

Eram empresários em Taiobeiras, no norte de Minas.

Outras quatro pessoas estavam no avião, sendo dois homens e duas mulheres.

Foram levados para o Hospital Estadual Governador Otávio Lage (Hugol) para receber tratamento.

O piloto, Roberto Pereira Junior, tem estado regular e respira espontaneamente. Indira Mendes Maia também tem estado regular e respira espontaneamente.

Winnicius Duarth Alves Rodrigues, engenheiro civil, também tem estado regular e respira espontaneamente.

Priscila Fagundes Amaral está em estado grave e respirando com a ajuda de aparelhos.

Bruno Rodrigues da Rocha, de 38 anos, morreu no hospital, assim como Leonardo Rodrigues da Rocha, de 43 anos.


O avião caiu em cima de um sobrado, residência em cima e supermercado na parte de baixo.

2 mulheres estavam na casa, mas não ficaram feridas.


Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil, a aeronave, fabricada em 1993, tinha capacidade máxima para transportar seis passageiros e não tinha autorização para fazer táxi aéreo.

CONGRESSO

Os 2 irmãos se dirigiam a um congresso sobre loteamento em Goiânia.

Bruno Rodrigues da Rocha, de 38 anos, e Leonardo Rodrigues da Rocha, de 43 anos, haviam lançado um loteamento em Taiobeiras há 30 dias e planejavam abrir outro em Salinas.

As outras pessoas no avião prestavam serviço aos empresários, que atuavam no setor imobiliário e em outros empreendimentos, incluindo postos de combustíveis, lojas de peças de carro e fazendas.

Deixam esposas e dois filhos cada.

A prefeitura de Taiobeiras divulgou nota lamentando a perda dos empresários e destacando a dedicação deles ao desenvolvimento da região.






***
Jornal Estado de Minas, de BH:

Avião sai do Norte de Minas e cai em Goiânia; duas pessoas morrem

Aeronave pertencia ao prefeito de Taiobeiras, que também é empresário e não estava no avião, e mais dois sócios, que morreram no acidente
Luiz Ribeiro / Thiago Bonna

Um avião que saiu de Taiobeiras, no Norte de Minas, caiu em um sobrado em Goiânia, capital de Goiás, nesta quarta-feira (22/3), segundo informações do Corpo de Bombeiros. A aeronave pertence ao prefeito da cidade mineira, o empresário Denerval Germano da Cruz (PSDB), em sociedade com a empresa das duas pessoas que morreram no acidente. O político não estava a bordo.

Os empresários Bruno Rodrigues da Rocha e Leonardo Rodrigues da Rocha chegaram a ser resgatados e encaminhados para o Hospital Estadual de Urgência da Região Noroeste de Goiânia (Hugol), mas morreram.

Os empresários Bruno Rodrigues da Rocha e Leonardo Rodrigues da Rocha chegaram a ser resgatados e encaminhados para o Hospital Estadual de Urgência da Região Noroeste de Goiânia (Hugol), mas morreram.

Em entrevista ao Estado de Minas na noite desta quarta-feira, Denerval Cruz disse que a cidade ficou em choque com o acidente ocorrido em Goiânia. Os dois empresários mortos na queda da aeronave tinham atividades em vários ramos de negócios em Taiobeiras e outras cidades do Norte de Minas

Fabricada em 1993, a aeronave não tinha autorização para realizar táxi aéreo, segundo informado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

***

Jornal O Tempo, de BH:

Empresários mineiros morrem após queda de avião em Goiânia

Aeronave, que havia saído do norte de Minas, caiu em cima de casas; outras quatro vítimas seguem internadas

Dois empresários de Minas morreram após a queda de um avião em um sobrado no bairro Vila Mutirão, na região noroeste de Goiânia. Os irmãos Bruno Rodrigues da Rocha, de 38 anos, e Leonardo Rodrigues da Rocha, de 43, estavam com outras quatro pessoas quando a aeronave caiu em cima de uma casa.

As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, na capital goiana. Uma delas ainda estaria em estado grave de saúde, respirando com auxílio de aparelhos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o bimotor tinha capacidade para seis pessoas e havia saído do norte de Minas Gerais. Duas outras mulheres estavam no sobrado no momento do acidente, mas elas não ficaram feridas.

Na parte inferior do sobrado havia um supermercado. Imagens que circulam nas redes sociais mostram o local destruído. Além do telhado, paredes foram derrubadas. A aeronave não chegou a bater no solo, ficando sobre as residências. As equipes de resgate montaram uma estrutura para apoiar a aeronave.

Investigadores do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) já iniciaram a perícia, segundo a Força Aérea Brasileira (FAB).

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais