Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - terça-feira, 2 de março de 2021

Vacina chinesa, que primeiro deve ser usada no Brasil, fica em quinto lugar entre as 5 vacinas conhecidas, no quesito eficácia

Terça 12/01/21 - 17h41

O governo paulista tornou público hoje que a eficácia global da Coronavac, vacina contra o coronavírus desenvolvida pelos Instituto Butantan e pela chinesa Sinovac, é de 50,38%.
BOM
Segundo especialistas, apesar de menor do que a eficácia apresentada por outras vacinas, ainda assim é um bom resultado.
EXEMPLOS
Por exemplo, a vacina da gripe tem de 40% a 60% de eficácia, a BCG (contra tuberculose), de 70 a 80%, citam como exemplo.
ÚLTIMA
A Coronavac foi a última entre 5 principais vacinas contra a Covid-19 a apresentar seus dados de eficácia.
PFIZER
A Pfizer/BioNTech, dos EUA e Alemanha, tem 95%.
MODERNA
A Moderna, dos EUA, 94,5%
RUSSA
A russa Sputnik V, 91,4%
INGLATERRA
A AstraZeneca/Oxford, da Inglaterra, 70,4%
CHINA
A chinesa Coronavac (Sinovac), que será aplicada em S. Paulo, 50,3%